04/04/2022 - ATLETISMO

26ª Maratona Internacional de São Paulo: atletas de quatro países disputam a Elite

Categoria terá também premiação para os melhores brasileiros, no masculino e feminino

São Paulo (SP), 04/04/2022 - A 26ª Maratona Internacional de São Paulo contará na categoria Elite com atletas de quatro nações, Quênia, Etiópia, Eritrea e Brasil. Com isso, a disputa promete ser ainda mais interessante no próximo domingo, dia 10 de abril. Os atletas de Elite do Brasil ainda terão uma premiação para os três mais bem colocados nos 42 km da maratona. A prova, que terá distâncias de 21 km e 5 km, com largada e chegada no Ibirapuera, na Avenida Pedro Álvares Cabral, próximo ao “Monumento Obelisco Mausoléu ao Soldado Constitucionalista da Revolução de 1932”.

Em seu retorno após três anos por conta da pandemia, a Maratona Internacional de São Paulo reunirá atletas profissionais e amadores, numa grande festa do esporte. Vale ressaltar que as categorias têm classificações diferentes. O evento terá transmissão ao vivo pelo canal do Youtube da Yescom.

A Elite masculino terá participação de destaques internacionais, como Asefa Legese Bekele (Etiópia), campeão da Dublin Marathon (IRL), em 2018, Tilahun Abebaw Nigussie (Etiópia), terceiro na Las Palmas Gran Canarian Marathon (ESP), em 2018, Petro Manu Shaku (Eritrea),quinto na Maratona Internacional de Sao Paulo em 2019, e Bernard Kipsang Chumba (Quênia), primeiro na Bloemfontein Marathon (RSA), em 2017, vice-campeã da Doha Marathon (QAT) no mesmo ano, e campeão da Volta Internacional da Pampulha em 2021.

Pelo Brasil, os destaques serão Daniel Chaves da Silva, quinto da Meia Maratona de São Paulo em 2017 e 14º na Virgin Money London Marathon (GBR), em 2019, Giovani dos Santos (Brasil), seis vezes campeão da Volta Internacional da Pampulha e vice-campeão da Maratona de São Paulo em 2016, Andre Luiz Silva Antonio, campeão da Corrida Sargento Gonzaguinha em 2017 e terceiro na Rio de Janeiro City Marathon em 2021), e Laurindo Nunes Neto, vencedor da Sao Paulo City Marathon em 2017.

No feminino, a briga pelo topo do pódio reunirá Etalem Terefe Tesfaw (Etiópia), terceira na Nanjing Marathon 2019 (JPN), Vivian Jeftanui Kiplagati (Quênia), campeã da Volta Internacional da Pampulha no ano passado, da 10ª Maratona Internacional do Recife em 2019 e da Maratona de João Pessoa no ano passado. As brasileiras Viviane Amorim Figueiredo, quarta colocada na Meia Maratona Internacional de São Paulo em 2020, e Raisa Marcelino do Nascimento, quarto lugar na Corrida Sargento Gonzaguinha 15k em 2016, completam a Elite.

As largadas serão em ondas e a programação da maratona será a seguinte: 1ª onda – a partir das 6h10, Categoria Cadeirantes; 2ª onda – a partir 6h12min, Categorias Elite A/B, masculino e feminino. Haverá ainda outras três largadas: 3ª onda – a partir 6h19min; 4ª onda – a partir das 6h25min; e 5ª onda – a partir das 6h30min. Detalhes sobre a composição de cada onda estão disponíveis no site oficial. A prova terá transmissão ao vivo pela Canal de YouTube da Yescom.

Kits

Nesta semana, a partir do dia 7, começará a retirada de kits, que será realizada no Shopping Light, localizado na Rua Cel. Xavier de Toledo, 23 – 3º andar, esquina com o viaduto do Chá, no Centro da cidade. O local fica próximo a três estações do Metrô – Anhangabaú, São Bento e República. Desta forma, o inscritos não precisarão necessariamente ir de carro, diminuindo gastos com combustível e estacionamento. Além disso, a região é atendida por várias linhas de ônibus que passam pela própria Rua Xavier de Toledo e ou pelo Viaduto do Chá. Mas, se mesmo assim a opção for o carro, o Shopping Light também conta com estacionamento (pago) e a entrada pela Rua Formosa, 157.

Os corredores deverão apresentar passaporte da vacinação contra a Covid-19, impresso ou digital, com no mínimo duas doses, atendendo ao Decreto nº 60.989 da Prefeitura de São Paulo, comprovante de pagamento ou boleto bancário pago original, e documento de identificação com foto.

Pipocas
A Yescom, organizadora da prova recomenda que atletas sem inscrição (pipocas) não participem da prova, uma vez que não terão direito aos serviços destinados aos corredores oficiais. Vale lembrar, que não são poucos os prejuízos que essa ação ilegal traz para os demais participantes, como, Aumento no valor das inscrições; Diminuição da oferta de empregos diretos e indiretos; Aumento no consumo de água, correndo o risco de acabar; Aumento no consumo de isotônico, gel e outros serviços disponíveis, correndo o risco de acabar; Aumento das filas nos sanitários e vestiários; Sobrecarga no atendimento médico e consumo de medicamentos, correndo o risco de acabar; Congestionamento e aumento do tempo de largada; Aumento das filas, congestionamento e tumulto na área de chegada, pois alguns “pipocas” insistem em pegar medalhas; Sobrecarga no planejamento junto aos órgãos de segurança pública; e Estimulo do comércio ilegal de inscrições, fotos e vídeos das competições com pessoas sem número de peito.

Vale lembrar que as competições são dimensionados para um número determinado de inscritos conforme as regulamentações vigentes de acordo com a capacidade das vias devidamente autorizadas junto aos órgãos competentes. Por tudo isso, não seja um corredor pipoca!

A 26ª Maratona Internacional de São Paulo – Especial Edition é uma realização e organização da Yescom, com patrocínio de Comgas, Olympikus, NewOn, Assaí, Smart Fim, Dois Cunhados e Itambé, e patrocínio especial de You Mercados Esportes, 3 Corações, Adria e Powerade. O apoio é de Cosan, Montevérgine, Atrio, Rikan, Movimento Plástico Transforma, Bioleve, Bendita Cânfora, Shopping Light, Jasmine, Espaço Laser, Michelob Ultra e Vivaz. A supervisão técnica é da CBAt, FPA e World Athletics e o apoio especial da Prefeitura da Cidade São Paulo e SPTuris.

Mais informações no site www.maratonadesaopaulo.com.br

Consultoria de Comunicação da Yescom
MBraga Comunicação - Marcelo Eduardo Braga - Mtb 18324
Fones: (11) 98266-6086
E-mail: mbragacom@mbragacom.com.br